19/01/2022
  • Home
  • Motor News
  • Ferrari Monza SP1 ganha sistema de exaustão banhado a ouro

Ferrari Monza SP1 ganha sistema de exaustão banhado a ouro

A Ferrari apresentou os modelos Monza SP1 e SP2, em 2018, com estilo “barchetta” e influência dos icônicos exemplares 166 MM, 750 Monza e 860 Monza. No entanto, a preparadora alemã Novitec foi além ao apimentar a criação de Maranello.

Sob o capô, o “motorzão” V12 6.5 naturalmente aspirado recebeu melhorias para despejar 856 cv a 8.450 rpm e torque brutal de 79,5 kgfm a 7.100 rpm. Ou seja, 34,4 cv e 6,2 kgfm extras frente ao modelo original.

De acordo com a preparadora, são necessários poucos 2,8 segundos para acelerar da imobilidade aos 100 km/h, enquanto a velocidade máxima ultrapassa os 300 km/h. Aliás, com o vento na cara, pois a Ferrari Monza SP1 não possui para-brisas.

Uma das alterações mecânicas está no novo sistema de exaustão menos restritivo e projetado especialmente para o carro. Ele pode ser de aço inoxidável ou de Inconel. Este último, banhado opcionalmente em ouro de quase 24 quilates para ajudar na dissipação do calor.

Outra alteração aparece nas rodas forjadas criadas em parceria com a Vossen. Elas possuem 21″ à frente com pneus de medidas 275/30 ZR 21, enquanto atrás são de 22″ vestidas por borrachudos 335/25 ZR 22. A Novitec também oferece um novo ajuste de suspensão reduzindo em 35 mm a altura da carroceria em relação ao solo. Já o interior pode ser revestido em couro ou em Alcantara.

O preço das modificações não foi divulgado. Portanto, imagine o quanto custará um sistema de exaustão de Inconel e revestido de ouro!

Deixar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *